“ Voltavam a doer, os ferimentos, quando ameaçava chuva.

Choro. Choro de arrependimento. Choro de dor, de mágoa, da pura tristeza. Não há fim, mas há uma solução, parte o coração e acaba com a minha vida. É uma opção.